quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Reflexões Boêmias: Melhores Filmes de 2017

Top Filmes 2017


Com a chegada de um novo ano, é sempre importante fazer um balanço do que passou e por isso resolvemos lembrar dos filmes que mais gostamos ao longo de 2017. Para a presente lista foram considerados os filmes lançados no Brasil em circuito comercial, nos cinemas ou direto para vídeo, ao longo do ano.



Melhores Filmes de 2017 Baby Driver


Com um trabalho primoroso de edição e mixagem sonora, o diretor Edgar Wright faz uma estiloso, acelerado e divertido filme de roubo.


14) Mãe!

Melhores Filmes de 2017 Mother!


Dividindo opiniões daqueles que assistem, o mais recente filme de Darren Aronofsky é daqueles dos quais é impossível sair indiferente da sala de cinema quando as luzes se acendem. Intenso, provocador e aberto a múltiplas interpretações, é um filme que merece ser conferido.


13) A Criada



O diretor sul-coreano Park Chan-Wook, responsável por Oldboy (2003), tece mais uma competente trama de vingança ao contar a história de duas mulheres que se rebelam contra um sórdido cotidiano de abuso sistemático.



Melhores Filmes de 2017 The Big Sick


O comediante Kumail Nanjiani interpreta a si mesmo nesta comédia dramática baseada na história real de como ele começou a namorar com sua atual esposa. Uma trama sobre um homem apaixonado cuja namorada entra em coma poderia render um dramalhão daqueles feitos para forçar o público a chorar, mas o que esse filme faz resulta em uma agridoce mistura entre comédia e drama cheia de afeto e sensibilidade bastante genuínas.



Melhores Filmes de 2017 Wonder Woman


Adaptações de quadrinhos com protagonistas femininas raramente costumam resultar em bons filmes, mas Mulher Maravilha quebrou todas as expectativas ao funcionar como uma excelente estreia nos cinemas da maior heroína dos quadrinhos. Com uma personagem envolvente, ótimas cenas de ação e uma trama capaz de abordar tanto seu lado guerreiro quanto sua faceta amorosa e compassiva, o filme é até agora o melhor do universo compartilhado da DC nos cinemas.


10) Logan

Melhores Filmes de 2017 Logan


Wolverine: Imortal mostrava que havia potencial para um excelente filme solo do carcaju da Marvel, mas desperdiçava o material promissor com um clímax caricato e exagerado. Logan, por sua vez, abraça sem medo uma abordagem mais intimista e madura, se detendo a entender quem é seu protagonista e como as décadas de luta e violência o impactaram. Com uma estrutura que mistura road movie e western, a narrativa funciona como uma despedida cheia de fúria e emoção para a passagem do ator Hugh Jackman pelo personagem.



Melhores Filmes de 2017 Grave


Lançado comercialmente no Brasil direto para home video, este terror francês usa o canibalismo como metáfora para a selvageria subjacente do ser humano, para sua faceta mais imatura e destrutiva e nos lembra nos impulsos primitivos que vivem dormentes sob nosso verniz de racionalidade.



Melhores Filmes de 2017 Hell of High Water


Funcionando como uma mistura entre Onde os Fracos Não Têm Vez (2007) e Breaking Bad, o filme é uma espécie de western contemporâneo narrando a onda de roubos perpetrados por dois irmãos no oeste selvagem dos Estados Unidos para poderem pagar as dívidas do pai doente e salvarem as terras da família. Na melhor tradição do western, é um conto sobre um ambiente brutal, no qual a sobrevivência e soberania precisam ser conquistadas à força.





Um sublime estudo sobre a busca por afeto e a importância de conexões afetivas para a experiência humana, o filme do diretor Barry Jenkins tece uma delicada e bela trama de aceitação e autodescoberta.





O documentarista Vicent Carelli traça um panorama amplo e consistente sobre o sistemático abandono e extermínio da população indígena no Brasil, remontando às origens históricas da questão indígena no país e como esses problemas sobrevivem na atual conjuntura política.



Melhores Filmes de 2017 Manchester By The Sea


Um doloroso estudo sobre luto e como as marcas de uma grande perda são difíceis de superar. Sem dar saídas fáceis ou epifanias regadas a frases de efeito, o filme permite que sintamos todo o peso e desamparo experimentado por pessoas que perderam alguém próximo. A atriz Michelle Williams acaba roubando o filme para si com praticamente uma única cena na qual externa o turbilhão de sentimentos vivenciados por sua personagem.



Melhores Filmes de 2017 Lost City of Z


O diretor James Gray costuma fazer filmes que remetem a clássicos de outrora. Em  Z: A Cidade Perdida ele dialoga com os antigos épicos desbravamento e exploração, mas dá um olhar contemporâneo a uma estrutura familiar. É um filme sobre a incapacidade humana de aceitar as diferenças e lidar com o outro, constantemente concebendo o diferente como um inimigo a ser exterminado.





Uma carta de amor aos antigos musicais que traz um certo olhar revisionista para os elementos típicos de um dos gêneros mais longevos da indústria hollywoodiana. É  tradicional sem ser tradicionalista, ser nostálgico e ainda assim se desapegar do passado, ser romântico sem ter tolo ou ingênuo.





Além da fascinante concepção visual e estética futurista, essa continuação tardia para a célebre ficção científica de Blade Runner (1982) leva um passo adiante as discussões sobre consciência, natureza humana, realidade e como dar sentido à vida em um mundo cada vez mais cheio de artificialidade.


1) Corra!

Melhores Filmes de 2017 Get Out!



Com um clima constante de inquietação e tensão, o diretor Jordan Peele deixa evidente para seu público que há algo de muito errado, mesmo sem nos dizer exatamente o quê, quando um jovem negro é levado para conhecer a família de sua namorada branca. Tudo isso serve como uma contundente e poderosa metáfora sobre preconceito, tensões sociais e subjugação da consciência negra por uma mentalidade dominante branca.



Menções honrosas:


E então, quais foram os seus melhores de 2017? Contem pra gente nos comentários!

Um comentário:

Vera Lima disse...

A trilha sonora é uma peça perfeita para Em ritmo de fuga. Sou uma fiel seguidora de Edgar Wright. Apesar de não ser um diretor tão reconhecido na indústria do cine, ele é um dos poucos que conseguem boas obras cinematográficas de ação graças ao seu grande profissionalismo. Deve ser por ele que grandes atores como Ansel Elgort querem participar nos seus filmes. Baby Driver filme é o mais recente dos seus trabalhos, um filme que é uma referência do gênero. Seus efeitos especiais estão incríveis, trilha sonora e atuações geram um resultado que consegue captar aos espectadores. Vi este filme por que amo aos atores que participam nele.