quinta-feira, 12 de maio de 2022

Crítica – Bugsnax: The Isle of Bigsnax

 

Análise Crítica – Bugsnax: The Isle of Bigsnax

Review – Bugsnax: The Isle of Bigsnax
Um dos primeiros games lançados para PS5, ficando disponível gratuitamente na Playstation Plus, Bugsnax foi uma grata surpresa. O jogo me pegou por conta de seus quebra-cabeças criativos que envolviam capturar criaturas com aparência de comida e pelo modo como a trama dava guinadas sombrias perto do fim, contrastando com a aparência fofa e inocente. Agora que está também disponível para Xbox e Nintendo Switch, o jogo recebeu uma expansão gratuita em todas as plataformas chamada The Isle of Bigsnax.

A trama da expansão se passa antes da campanha principal. Nela, uma nova ilha emerge próxima à ilha dos Bugsnax e seu personagem, acompanhado de outros membros da vila que você construiu ao longo do jogo, vai investigar a nova localidade. Chegando lá, descobrimos que essa ilha guarda novos e maiores Bugsnax e seus próprios mistérios. A campanha dessa nova expansão é relativamente curta, levando umas três horas para terminar.

O problema da duração curta acaba sendo no desenvolvimento da trama. Assim como na campanha principal, há uma série de temas maduros e elementos sombrios na mitologia por trás da aparência fofa do local. Acompanhamos Chandlo sofrendo com a ansiedade de estar afastado do melhor amigo, os debates entre ciência e fé de Floofty e Shelda. No entanto tudo isso não chega a ser desenvolvido a contento porque a narrativa se encerra muito rápido.

A maioria dos novos Bugsnax são completamente novos, com apenas duas das onze novas criaturas sendo novas versões de monstros conhecidos. Isso significa que temos todo um novo conjunto de padrões e hábitos para aprender e capturar as criaturas. Como são gigantes, os novos monstros precisam ser encolhidos antes de serem capturados e para fazer isso é preciso de um novo item: o tempero de encolhimento.

Esse tempero não é usado no estilingue como os outros temperos, mas coletados de jarros em altares em pontos fixos da ilha. Uma vez removidos do altar, o jarro tem 30 segundos até explodir ou ser arremessado contra um Bugsnax. Uma vez explodindo, ele encolhe qualquer Bugsnax no raio da explosão. Isso adiciona uma nova camada estratégica, já que é preciso cronometrar os padrões de movimento dos Bugsnax com o tempo de ir coletar o tempero e voltar para arremessá-lo. Como é um recurso limitado, é preciso planejamento e estratégia para ser usado de maneira eficiente.

Além da nova campanha, a expansão traz três novas mecânicas. A primeira é a possibilidade de coletar chapéus para colocar em seus Bugsnax no estábulo. Aleatoriamente em cada área um Bugsnax vai aparecer com chapéu, capturando essa criatura o jogador fica com o chapéu para usar em seus monstrinhos. Não tem qualquer utilidade a não ser cosmética, mas está lá.

A outra é que finalmente seu personagem tem uma cabana própria para morar em Snaxburgo. Essa cabana pode ser decorada com itens recebidos de outros personagens cumprindo solicitações que eles enviam para a caixa de correio de sua nova casa. Algumas solicitações estão ligadas ao progresso da campanha principal, então quem está retornando ao jogo depois de já ter completado vai chegar recebendo uma boa quantidade de itens. Os objetivos secundários, no entanto, são bem repetitivos, tipo capturar todas as variantes de um determinado Bugsnax ou alimentar personagem X com criatura Y. Como se trata de puro grind, eles perdem a graça rápido e se tornam chatos de continuar fazendo.

Uma terceira adição é mais simples, mas extremamente útil, que é a ferramenta de fast travel. Agora é possível viajar rápido para qualquer região sem precisar fisicamente andar pelo mapa. Sem isso, o grind para cumprir as solicitações das cartas ficaria ainda mais entediante. Isso serve também para agilizar o progresso de quem está iniciando no jogo e campanha principal, economizando bastante tempo.

The Isle of Bigsnax não traz nenhuma grande reinvenção das mecânicas principais, mas a nova área e elementos cosméticos são adições competentes ao jogo base que fornecem gratuitamente mais algumas horas de jogo.

 

Nota: 7/10


Trailer

Nenhum comentário: