sexta-feira, 19 de novembro de 2021

Drops – Age of Calamity: Guardian of Rememberance

 

Análise Crítica – Age of Calamity: Guardian of Rememberance

Review – Age of Calamity: Guardian of Rememberance
Depois da decepção que foi a primeira expansão para Hyrule Warriors:Age of Calamity, a segunda expansão Guardian of Rememberance consegue evitar os problemas da DLC anterior, dando uma experiência que agrega tanto em termos de jogabilidade quanto de narrativa.

A história começa depois da campanha principal, com Purrah e Robbie consertando Terrako, o pequeno Guardião que veio do futuro, e descobrindo novos fragmentos de memória dele. As novas missão se situam dentro desses fragmentos de memória e ajudam a entender como Terrako viajou no tempo ou como Astor conseguiu o poder de Calamity Ganon. Algumas dessas memórias também exploram mais as ações dos pilotos das Bestas Divinas e suas contrapartes futuras, ampliando o desenvolvimento desses personagens que ficaram um pouco de lado na campanha principal, algo que apontei quando escrevi sobre o jogo base.

As novas missões também trazem algumas novas arenas, como o Coliseu ou a vila Kakariko, e novos inimigos, dando algum senso de novidade aos combates. Avançando nas missões também é possível desbloquear novas habilidades para todos os personagens que mudam um pouco como os usamos e versões mais poderosas de armas para alguns deles. Isso logicamente requer algum tempo de grinding por recursos, algo que acaba tornando a obtenção de tudo isso um pouco arrastada e repetitiva conforme fazemos de novo as mesmas missões em busca de itens.

A expansão também traz dois novos personagens. Purrah e Robbie, que atuam em conjunto, funcionando como um só personagem, e Sooga, um dos membros da tribo Yiga. Todos os dois são divertidos de jogar (gostei principalmente da mecânica de contra-ataque do Sooga), mas é uma pena que Purrah e Robbie sejam só habilitados ao final da DLC, não havendo muita razão para usá-los além de duas missões específicas para eles. Ainda assim, o conteúdo oferecido em Guardian of Rememberance é mais substancial do que a primeira expansão, ampliando a trama, o desenvolvimento dos personagens e acrescentando novos elementos de jogabilidade.

 

Nota: 7/10


Trailer

Nenhum comentário: